Carbono

 na categoria Curiosidades

Escutamos muito falar em carbono nos últimos anos, principalmente no chamado efeito estufa. Quando criança eu nunca ouvi falar nesse negócio, mas, agora as coisas mudaram. Esse tal de carbono está em tudo na nossa vida. Não podemos continuar a vida, de geração em geração, sem uma espinha dorsal de carbono: o DNA.Todo ser vivo nesse planeta possui 4 letras ACGT, que são adenina (A), citosina (C), guanina (G) e timina (T), um código para os mesmos 20 aminoácidos que constroem as proteínas da vida. De uma cenoura, de um bicho a um homem todos temos as mesmas quatro letras construindo essa espinha dorsal, que contém carbono e hidrogênio. A matéria viva contém 18% de carbono, perdendo para o oxigênio que é de 65%. É o segundo elemento químico mais presente em nossa vida.

carbono-dna

O interessante que nossa vida depende de alimentarmos  com “alimentos”  que possuem carbono e um DNA em sua estrutura (seja um legume, verdura ou animal), menos o industrializado da prateleira. Provém daí a saúde e nossa vida: o carbono dos outros e suas proteínas. Ali no núcleo da célula está escondida uma grande biblioteca com tudo que já foi vivido pela nossa espécie. Todas as informações das gerações passadas estão nesse DNA.

dna-humano

Nesse código, que infelizmente está sendo perdido pela alimentação, estilo de vida, poluição, radiação, agrotóxicos, etc, que contém o ciclo da vida. E você está pensando no carbono que vai comer hoje? Além do carbono também precisamos de hidrogênio, nitrogênio, oxigênio, fósforo e enxofre. Em 2010 a Nasa descobriu também um microrganismo que se multiplica usando arsênio.
A base da alimentação moderna e atual utiliza os hidratos de carbono ou carboidrato. Quantas coisas gostosas são comidas todos os dias, na Terra, que possui hidrato de carbono. Você não vê o carbono, mas ele está lá.  Até mesmo as próteses mais resistentes são feitas de fibras de carbono.
Se quiser ter uma noção do carbono no açúcar cristal, tão apreciado na culinária mundial, veja essa experiência do Manual do Mundo.

Do carbono existente em cada ser vivo nessa bola gigante chamada Terra, também temos uma atmosfera que bloqueia os raios solares, através de uma camada de gases. Uma parte desses raios entra na terra e segue para superfície (radiação infravermelha, conhecida como ondas longas e que nós sentimos na forma de calor). Essas ondas voltam para a atmosfera e lá estão encontrando alguns gases pertencentes ao carbono, são 3 tipos: dióxido de carbono (CO2), o metano (CH4) e os clorofluorcarbonos (CFCs). Parte do calor que sobe da superfície de volta à atmosfera é fica presa nos gases do carbono citados, formando o efeito estufa. O processo industrial, as queimadas e o uso de combustível elevou demais esses gases na atmosfera.
Enfim, do carbono que pula de galho em galho e do carbono que jogamos na atmosfera nossa vida segue esse fluxo: o da evolução.

Share This:

Deixar um comentário